homem olhando para um relatório fotográfico homem olhando para um relatório fotográfico

 Relatório fotográfico: tudo o que você precisa saber

9 minutos para ler

Uma obra de construção civil exige um acompanhamento rigoroso de todas as suas etapas para garantir que tudo seja realizado de acordo com o projeto, sem atrasos e desperdícios de material, dentro do orçamento previsto e com segurança. Uma forma eficiente de estar em dia com todos esses fatores é sabendo como elaborar um relatório fotográfico.

O relatório fotográfico é uma ferramenta de documentação da evolução e da rotina do canteiro de obras, atrelada às vistorias. Ela permite visualizar o que precisa ser feito no empreendimento e o andamento em comparação a determinados períodos, por exemplo. Este tipo de documento também pode ser muito importante para consultas futuras em caso de dúvidas.

O documento costuma ser de responsabilidade do profissional que está coordenando a obra, podendo ser um arquiteto, engenheiro, gerente administrativo ou um funcionário definido pela empresa. Será ele quem produzirá imagens que mostrarão os detalhes e especificações comprovando (ou não) que a obra está dentro do prazo e do projeto original. Além de fotos, ele também conta com anotações feitas do começo ao fim da construção.

Se você ainda tem dúvidas sobre como elaborar um relatório fotográfico e sua importância na construção civil, confira as informações e dicas que selecionamos para você. Boa leitura!

Quais são os benefícios de um relatório fotográfico?

Muitos profissionais encaram o relatório fotográfico apenas como uma complementação, o que é um grande engano, já que ele possui extrema importância na geração de laudos feitos durante vistorias realizadas por órgãos específicos, principalmente quando se trata de obras públicas que demandam de processos licitatórios.

Saber como elaborar um relatório fotográfico é essencial para inúmeras constatações de grande relevância que muitas vezes passam despercebidas durante visitas presenciais, como se os operários estão utilizando Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Além disso, ele serve como histórico de serviços realizados, tornando-se uma ferramenta de “prestação de contas”.

Outra vantagem em produzir o documento é a ampliação ao portfólio do responsável pela obra. Isso porque, por meio das fotos e anotações, mostrará que o profissional segue normas técnicas e acompanha cada etapa da construção, aumentando seu respaldo no mercado.

Quais medidas podem ser tomadas para otimizá-los?

Agora que você já sabe que fazer um relatório fotográfico pode ajudar no acompanhamento da execução dos serviços, no andamento da obra e na comparação entre antes e depois, trouxemos algumas dicas sobre como fazer de forma simples e inovadora. Confira!

1. Utilizar fotografias profissionais

Obviamente, o principal recurso de um relatório fotográfico são as imagens. Uma fotografia bem tirada pode mostrar problemas no canteiro de obras, imprevistos e identificar trabalhos incorretos, evitando que erros passem despercebidos e garantindo a qualidade construtiva.

Para obter imagens de qualidade, é essencial que a pessoa por trás da câmera saiba o momento de fazer fotos mais aproximadas ou com menos zoom, retirar objetos que possam atrapalhar a interpretação da imagem, aproveitar a iluminação natural e fazer bons enquadramentos. Como você já deve imaginar, para ter esse resultado é imprescindível um profissional treinado e uma boa câmera 360°.

Além de serem benéficas para a gestão de obras, imagens em 360° ou tours virtuais são ótimos materiais de divulgação, pois por meio delas a equipe de marketing consegue mostrar aos clientes todos os detalhes da obra e a evolução dos empreendimentos. Ou seja, também são excelentes aliadas na captação de fregueses.

2. Contar com a tecnologia em todo o processo

Atualmente todo mundo sempre tem um smartphone nas mãos. Apesar de não serem a melhor ferramenta para tirar fotos, eles podem nos oferecer inúmeros aplicativos integrados que permitem um relatório fotográfico rápido e eficiente com apenas alguns toques. Esses aplicativos possuem ferramentas para anotações, evitando que você precise ficar andando com papel e caneta para atualizar o documento e não corra o risco de perdê-las, assim como as imagens.

Outra vantagem é poder atualizar o projeto e as informações referentes a ele em tempo real, permitindo que toda a equipe acompanhe as atividades e deem um feedback logo após o compartilhamento, assim como o cliente.

Gerando o relatório de forma automática, você evita ter o retrabalho de passar tudo a limpo e organizar o documento ao chegar no escritório, já que ele é criado automaticamente por meio das informações coletadas pelo responsável e outras adicionais que agregam alguns programas, como a localização, por meio da tecnologia de GPS.

3. Investir nos tours virtuais

O tour virtual é uma das inovações na engenharia civil com tecnologia em três dimensões, onde por meio de imagens de 360° é possível fazer um passeio pelos ambientes do empreendimento e de seu entorno sem ter que sair da frente do computador ou da tela do celular. Dessa forma, é possível analisar cada detalhe, como o tamanho de cômodos e suas disposições. Em caso de condomínios, também é possível aplicar a ferramenta em áreas comuns.

Ao utilizar o serviço de tour virtual, os profissionais da construção civil conseguem inspecionar a obra e passar as informações necessárias para o andamento do projeto, como possíveis irregularidades na obra. Digitalizar o mesmo empreendimento em diferentes etapas do seu desenvolvimento é a forma mais eficaz de mostrar o seu progresso e de elaborar um relatório fotográfico.

Essa ferramenta pode ser ótima para profissionais diretamente ligados com a construção civil, já que permite que saibam todos os detalhes sobre o andamento das obras, aumentando a produtividade. Mas também é perfeita para corretores de imóveis, tornando possível atender os clientes com maior assertividade e se deslocando fisicamente com eles apenas para os imóveis que realmente interessam.


4. Criar um modelo de relatório fotográfico

Ao criar um modelo padronizado para esse documento, a rotina da equipe em campo será organizada e muito mais simples, permitindo que o líder delimite as atividades de cada funcionário, o que traz agilidade. Vale lembrar que um relatório fotográfico deve conter mais do que fotografias de cada detalhe da construção. É essencial, também, que ele tenha espaço para inserir anotações em texto.

O modelo estabelecido deve levar em conta os aspectos mais relevantes do serviço prestado e quais são as expectativas do projeto. Esse modelo pode variar de empresa para empresa, já que cada uma tem suas particularidades e, consequentemente, precisa de uma determinada quantidade e tipos de fotos.

Outro aspecto fundamental é o entendimento do relatório. Por isso, analise quem serão os leitores e se eles serão capazes de compreendê-lo. Por exemplo, de nada adianta disponibilizar o documento para o cliente se as anotações apresentarem inúmeros termos técnicos interpretados apenas por especialistas.

Dessa forma, antes de padronizar o relatório fotográfico, avalie o perfil do leitor principal e faça um roteiro adequado. Se em algum momento outro tipo de público precisar lê-lo, coloque informações complementares.

5. Defina uma frequência

Além de definir um modelo para o relatório fotográfico, é importante também determinar a frequência com que ele será produzido. Inúmeros fatores interferem nessa variável, começando pela finalidade do documento, a qual pode ser descrever um processo técnico, compartilhar informações básicas ou demonstrar progresso em um projeto.

Alguns profissionais optam por gerar relatórios diariamente, outros semanalmente e outros quando cada etapa da construção é finalizada. Para decidir a frequência de produção, o responsável pode começar listando quais itens devem ser fotografados e tomados nota, como entrega de materiais, finalização de etapas, entre outros.

Em caso de grandes construções, com detalhes construtivos distintos e com diferentes fornecedores e prestadores de serviço trabalho, pode ser interessante aumentar o fluxo de produção de relatórios fotográficos para manter as informações organizadas.

6. Contratar empresas terceirizadas especialistas

Se você está pensando em implementar o registro fotográfico, talvez seja uma boa opção contratar uma empresa terceirizada especialista nesse trabalho. Isso porque você encontra no mercado prestadoras de serviço que disponibilizam equipamentos e softwares de interface simples, voltados para a comunicação e para o gerenciamento de projetos.

Esses templates podem ser personalizados de acordo com as necessidades da empresa por meio de armazenamento de imagens e compartilhamento dos documentos com toda a equipe e clientes envolvidos. Além disso, eles permitem diminuir a complexidade de dados técnicos e informações que dificultam o entendimento dos laudos de vistorias.

Para um profissional que faz vistorias em diversos lugares diariamente, a assessoria de uma empresa auxilia na organização das imagens por data, ambiente e localização. Os equipamentos disponibilizados por elas, na maioria das vezes, conta com ferramentas de adição de legendas e marcações nas fotos, impedindo informações cruzadas entre obras.

Utilização de plataformas inovadoras

A Banib é uma empresa que criou uma solução, onde você ou a sua equipe cria tours virtuais da sua obra com o objetivo de fazer um melhor gerenciamento de empreendimentos da construção civil. Essa tecnologia oferece para os clientes uma maneira simples, rápida e eficaz de gerenciar a obra e reduzir alguns custos. Além disso, essa ferramenta permite fazer medições e elaborar relatórios fotográficos, auxiliando o profissional a apontar irregularidades na obra.

A plataforma da Banib foi projetada para que toda a sua equipe consiga criar um Tour Virtual 360° completo. Além do mais, ela permite saber quantos acessos o tour recebeu, quais foram as fontes de acesso, o tempo de permanência do cliente em cada ambiente e a nota média dada por passeio.

Você ainda tem alguma dúvida sobre como elaborar um relatório fotográfico ou sobre o Tour Virtual 360°? Se sim, entre em contato com a gente. Será um prazer ajudá-lo!

Quer continuar recebendo dicas para melhorar o desempenho das suas obras? Então, assine a nossa newsletter e receba tudo em primeira mão.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados