Fotografia imobiliária: qual a importância de ter um profissional? Fotografia imobiliária: qual a importância de ter um profissional?

Qual a importância de ter um profissional de fotografia na sua imobiliária?

9 minutos para ler

A busca por imóveis para comprar ou alugar passou por mudanças importantes com a evolução da internet. Com apenas alguns cliques, tornou-se cada vez mais fácil pesquisar e acessar fotos em diversos sites em busca do imóvel dos sonhos. Porém, mesmo com o grande potencial da fotografia imobiliária em aumentar o fechamento das vendas, nem sempre as imobiliárias que têm sites apresentam imagens de qualidade aos usuários.

Neste artigo, você vai entender a importância das boas fotografias na jornada de compra e as vantagens de contar com um profissional experiente. Confira também dicas essenciais para garantir a qualidade das fotos e se destacar dos concorrentes. Boa leitura!

O poder da fotografia imobiliária 

Antigamente, as pessoas passavam horas andando pelos bairros em busca do imóvel ideal para comprar ou alugar. Nos dias atuais, a realidade é bem diferente. A facilidade de pesquisar imóveis de maneira mais rápida e prática em diversas imobiliárias na internet fez com que as fotografias se tornassem um fator decisivo na escolha do cliente.

Com uma simples pesquisa nas imagens do site, o consumidor pode ver as características do imóvel e tomar a decisão de entrar ou não em contato com a imobiliária que o está anunciando. Sendo assim, tornou-se imprescindível o uso de fotos de qualidade e que sejam capazes de valorizar os ambientes para, assim, encantar os potenciais clientes. 

Uma boa imagem deve ser capaz de passar a noção real do tamanho e conservação dos ambientes, além de transmitir sensações que não podem ser alcançadas apenas com a descrição das características do imóvel. Isso é algo fundamental nos dias de hoje, já que os consumidores desejam se sentir, de alguma forma, conectados ao local.

Por esse motivo, a fotografia imobiliária tornou-se um dos fatores decisivos para a transação de compra e venda de imóveis. Isso acontece porque, além de aumentar a visibilidade da imobiliária, elas são capazes de atrair e despertar o desejo do cliente. Em outras palavras, investir na fotografia imobiliária é um passo importante para agregar valor ao produto.

Porém, para conseguir capturar a atenção do potencial cliente e transmitir a ele a ideia desejada, a fotografia imobiliária deve contar com uma ótima qualidade, iluminação, enquadramento, entre outros detalhes que fazem toda a diferença. Só assim será possível para a imobiliária se destacar da concorrência e passar uma imagem mais confiável aos clientes. É por essa razão que ter as fotos tiradas por um profissional faz toda a diferença.

A importância de um profissional de fotografia 

Até agora você entendeu sobre o poder que a fotografia imobiliária tem para o encantamento e decisão do cliente em fechar negócio. Sendo assim, é fundamental ter cuidado para alcançar o resultado com qualidade.

Por mais que os smartphones tenham evoluído e apresentem uma série de recursos capazes de melhorar a qualidade das imagens, eles não substituem uma câmera semiprofissional ou profissional. Além disso, acessórios como lente angular, tripé e softwares de edição também contribuem para melhores resultados.

Porém, não basta ter um bom equipamento para obter um bom resultado quando não há habilidade para manuseá-lo. Contar com um profissional é fundamental para capturar imagens de alta qualidade e ainda valorizar cada espaço do imóvel, o que aumenta as chances de concluir uma venda. Entre as vantagens de contratar um profissional, podemos citar:

  • equipamento adequado para capturar as melhores do imóvel;
  • capacidade de capturar a melhor iluminação, cores e contrastes;
  • focar em ângulos que passam a sensação de um ambiente maior ou que possa ser mais bem-aproveitado;
  • realçar detalhes que ajudam a valorizar o imóvel e que poderiam passar despercebidos pelo olhar de amadores.

É bom ressaltar que a fotografia imobiliária não faz uso de recursos de edição de imagens como o Photoshop. Isso porque o objetivo das imagens de imóveis é mostrar os ambientes como eles são, ou seja, sem alterar as suas reais características.

Por esse motivo, caso o fotógrafo precise realizar algum tipo de edição, ela será usada apenas em caso de necessidade de iluminar regiões escuras ou remover detalhes que podem provocar distração, como um objeto que esteja destoando do ambiente.

Como garantir a qualidade da fotografia imobiliária

Como vimos, contar com fotos de qualidade é essencial para atrair a atenção dos clientes e fazê-los sentir como seria morar naquele imóvel. A seguir, confira algumas dicas de como obter boas fotos.

Observe a iluminação 

O cuidado com a iluminação é um ponto fundamental para tornar o imóvel mais atrativo para compradores em potencial. Afinal, a claridade gera maior sensação de amplitude aos ambientes e ajuda a dar mais destaque a eles.

As luzes artificiais podem comprometer a qualidade das fotos, por isso, não é recomendado fazer as fotografias à noite ou em dias nublados. O ideal é aproveitar os dias ensolarados, já que a luz natural favorece mais os ambientes e diminui a necessidade de fazer retoques ou correções.

Permita que a luminosidade preencha os cômodos e ajude a compor a fotografia imobiliária. No entanto, evite fotografias tiradas contra o sol, pois trazem o resultado oposto, deixando os ambientes escuros.

Se o cômodo for escuro ou a iluminação não for muito boa, não deixe de usar equipamentos de iluminação. Mas é preciso cuidado para que as luzes artificiais destaquem o ambiente na medida certa. Assim, evite mostrar uma iluminação perfeita em um ambiente sem janelas, por exemplo.

Escolha o melhor horário 

É preciso se atentar para o horário para garantir os melhores cliques. Afinal, a incidência de luz vai interferir tanto no interior quanto no exterior do imóvel.

Em geral, o período da manhã é o mais favorável, permitindo excelentes resultados para qualquer tipo de imóvel. Já as fotografias externas tiradas ao pôr do sol garantem belas imagens do céu. Além disso, elas podem passar uma sensação mais aconchegante ao ambiente, sendo importante tomar cuidados com os ângulos para que as sombras não prejudiquem a qualidade final.

Destaque os pontos fortes do imóvel 

Para valorizar o imóvel, é importante observar quais são seus pontos fortes e dar o devido destaque no momento de capturar as imagens. Para isso, inclua fotos de detalhes que demonstrem o conforto, praticidade e modernidade do imóvel.

Fotos do exterior também são importantes. Elas devem capturar o imóvel em sua totalidade, ressaltando suas principais características. Se o local apresenta uma bela vista, por exemplo, não deixe de mostrá-la também.

Encontre o melhor ângulo 

Para conseguir bons resultados, um bom enquadramento é indispensável. Cuide para que a foto mostre o ambiente por completo e seja capaz de oferecer a noção real do espaço. Para evitar distorções, indicamos tirar a fotografia imobiliária à altura dos olhos do fotógrafo.

Uma técnica utilizada é a regra das três paredes, que tem como conceito mostrar sempre três paredes na mesma proporção. Isso dá a impressão de amplitude ao espaço, o que não acontece quando se fotografa apenas a porta, por exemplo. Também é bom evitar fotos que não mostram nada de interessante, como as quinas das paredes.

Dê uma caprichada no zoom 

É comum que, ao conferir no site as fotos do imóvel em que estão de olho, os usuários desejem visualizar mais detalhes e apliquem zoom nelas. Por isso, é interessante que esse recurso esteja disponível para permitir esse tipo de interação.

No entanto, é preciso ter o cuidado para que, ao ser ampliada, a imagem não fique com aspecto granulado ou embaçada. Para evitar que isso aconteça, é importante fazer testes para se certificar de que a nitidez das fotos não seja afetada com o zoom.

Esse é outro fator que faz a diferença entre fotos profissionais das amadoras. O uso de um equipamento profissional permite fotografias com o zoom de alta qualidade. Assim, mesmo que tenham seu tamanho reduzido digitalmente, ainda é possível ampliá-las sem perder a qualidade.

Organize o ambiente 

Um ambiente organizado é outro aspecto fundamental para deixar o imóvel mais atraente e obter fotos de qualidade. Além disso, mudar a disposição dos móveis ou peças decorativas pode dar a impressão de que os espaços são maiores ou menores.

A organização deve ser feita de maneira estratégica, de modo a pensar nos enquadramentos que mais ajudem a ressaltar o que o imóvel tem de melhor. Porém, tome cuidado para não tentar esconder ângulos menos favoráveis de propósito, pois isso pode comprometer a confiança do cliente com a imobiliária.

Para ajudar os interessados a criarem uma sensação de pertencimento ao local, o ideal é ter um ambiente decorado. A disposição dos móveis também facilita que o usuário tenha uma noção melhor do espaço quando ele está mobiliado.

Neste artigo, você aprendeu sobre a importância da fotografia imobiliária e como um profissional é fundamental para a qualidade das imagens. Ao seguir as dicas que apresentamos, será possível se destacar dos concorrentes e aumentar as chances de fechar ótimos negócios.

Achou esta leitura útil? Aproveite para assinar a nossa newsletter e receba diretamente em seu e-mail mais dicas relevantes para alavancar suas vendas!

Posts relacionados